Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO - 'Promessa ao Amanhecer' | 2018

NOTA 8.0

Por Rafael Yonamine @cinemacrica 


Baseado numa história real, o filme retrata a vida de Romain Gary, combatente da segunda guerra mundial, diplomata e grande romancista da língua francesa. Os inúmeros episódios vividos pelo personagem são intimamente relacionados à figura materna, aqui brilhantemente interpretada por Charlotte Gainsbourg.


Pelo volume de atividades e experiências que o protagonista vivenciou, é de se imaginar que não falta matéria-prima para popular as mais de 2h de filme. E é realmente por aí. O filme é grandioso e muito interessante por conta dessa riqueza de material. Os episódios na vida de Romain já são muito marcantes desde a sua infância e ao longo da sua jornada o protagonista conta com a forte presença materna que, de tão intensa, acaba por preencher a ausência paterna. 

O exercício da maternidade é inspirador, é do tipo que não passa a mão na cabeça, mas é um constante exercício de encorajamento e tangibilização de sonhos como a idealização de que Roman será de fato um grande diplomata e escritor. Esse vigor materno e a forte relação mãe e filho ganham projeção e se tornam um dos pilares do filme pela atuação irretocável de Charlotte Gainsbourg.

A opção foi adotar um tom épico e teatral. É verdade que não há uma troca constante entre diretor e platéia, 'Promessa ao Amanhecer' é uma solução que vem pronta para ser consumida. Apesar disso, o diretor Eric Barbier é de uma competência rara na execução da obra. O filme é extremamente imersivo e de uma qualidade técnica que impressiona. Ele tem aquilo que chamo de efeito arrebatador: você se desconecta e entra na obra sem esforço. Vale muito assistir e convidar quem quer que seja, acho difícil alguém não gostar.

Vale Ver !


Nenhum comentário