Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO - 'The Yellow Birds' | 2018

NOTA 8.5

Por Rogério Machado 


A guerra rende até hoje inúmeras produções;  seja nos campos de batalha, ou fora deles, as dores desse tipo de evento sempre ecoam ainda mais forte depois que  ele se vai. Os traumas , as sequelas, os membros amputados e os pesadelos, raras vezes abandonam quem um dia viveu esse horror - cada um lida de uma forma para tentar amenizar o sofrimento profundo , que nem uma bala ou morteiro poderiam trazer. 'The Yellow Birds' parte dessa premissa para narrar sobre a amizade de dois jovens inexperientes recém chegados ao combate. 



Na história , seremos introduzidos à Brandon Bartle (Alden Ehrenreich, o novo Han Solo de 'Star Wars') e Daniel Murphy (Tye Sheridan), dois jovens soldados que são enviados para o Iraque. Unidos desde recrutas, os rapazes sempre se protegeram. Em meio à pressões de todos os lados, os dois acabam sob os cuidados de um sargento mais velho, Sterling (Jack Houston), e enfrentam diversos atos de violência na luta diária pela sua sobrevivência. Quando uma tragédia atinge o pelotão, um deles deve voltar para casa para enfrentar a dura verdade por trás do incidente e ajudar as respectivas mães desses jovens, Maureen (Jennifer Aniston) e Amy (Toni Collete), a encontrar a paz e superar os efeitos da guerra. 

Sob a direção de Alexandre Moors , 'The Yellow Birds' (ainda sem data de estreia por aqui) não é exatamente uma história de guerra que surpreende, mas que se beneficia pelo formato que abraça: a narrativa não linear, inegavelmente confere um bom ritmo, nível de tensão e ansiedade pelo desfecho, requisitos que toda boa trama deve ter. Ainda que basicamente seja um drama, o longa preserva traços de suspense, que elevam o interesse do público ao tentar imaginar as conclusões finais, que podem não causar grande impacto, mas que nos convidam a pensar.

Para a porção drama temos Aniston e Collette, dois nomes que dispensam qualquer apresentação, que conferem ao filme uma maior solidez, fruto da sua experiência e também da fantástica química que têm uma com a outra no pouco tempo em que se cruzam no tela. 'The Yellow Birds' não se tornará seu filme de guerra favorito, mas sem dúvida alguma é um bom filme. Uma perspectiva diferente da guerra, focada mais nos seus efeitos colaterais e muito menos na missão.


Vale Ver !


Nenhum comentário