Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO ! 'Anjos da Noite : Guerras de Sangue' - 2016

NOTA 8.0


Parece que foi ontem que Kate Beckinsale chegava com uma nova heroína super performática e poderosa em 'Anjos da Noite - Underworld'. Treze anos se passaram desde a primeira aventura e quatro da última (Anjos da Noite 4 - O Despertar). Quando ninguém mais esperava uma nova empreitada da saga dos Vampiros x Lycans,  eis que nos vem a surpresa de 'Anjos da Noite - Guerras de Sangue'... se a surpresa foi boa ?  Te direi a seguir.


A história tem seu início após os fatídicos acontecimentos do filme anterior. Em 'Guerras de Sangue' a trama segue a heroína Selene (Kate Beckinsale) - enquanto ela se defende dos ataques brutais do clã Lycan e a facção de vampiros que a traiu. Com seus únicos aliados, David (Theo James) e seu pai Thomas (Charles Dance), ela deve parar a guerra eterna entre os Lycans e os Vampiros, mesmo que isso signifique um último grande sacrifício. 

Pelo que parece, ainda teremos outras aventuras de Selene. Afinal, quem acompanha a série sabe que a poderosa vampira tem uma filha a qual teve que ver partir afim de protegê-la da sede de sangue dos Lycans. Como o paradeiro dessa filha que tem um sangue especial (que na história se trata de uma rara linhagem chamada de Híbridos) ainda é incerto, o mais provável é que quem assumir a próxima produção tenda a pegar a história por esse fio condutor. E por falar em direção, foi a primeira vez que a saga teve por trás das câmeras uma mulher: Ana Foerster foi a responsável pela nova aventura - já as anteriores todas dirigidas por homens. 'Anjos da Noite' sempre foi uma saga que já empoderava as mulheres através de sua protagonista,  desta vez , acredito que pelo advento de uma mulher no posto da direção , essa característica tenha dobrado de tamanho não por coincidência - são várias personagens femininas que se destacam dentro da trama.

Beckinsale inaugurou a década de 2000 com uma heroína mega poderosa; e acredito que esse posto ainda não tenha sido preenchido à altura até hoje.  É claro, também foi nessa década que a telona conheceu Lara Croft, e mais tarde surgiram super heroínas como a própria 'Viúva Negra' dos Vingadores,  mas dentro da proposta de 'Anjos da Noite', Selene continua disparado como uma das personagens mais bacanas criadas para o cinema.

'Anjos da Noite-Guerras de Sangue' continua bonito de se ver: belas lutas coreografadas ,  Beckinsale em forma e fazendo carão exatamente como há mais de dez anos atrás e um roteiro eficiente , que não tem a necessidade de inventar subtramas e filosofias rebuscadas que muitas das vezes resultam na vã tentativa de deixar a história interessante. 

A trama é enxuta,  não inventa moda... é isso,  simplicidade é tudo. 






Vale Ver ! 



Nenhum comentário