Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO! 'Sunset Song' - 2016

NOTA 8.0 


'Sunset Song', que tem na direção o britânico Terence Davis,  é bem possível que não chegue aos cinemas no Brasil, infelizmente.  O drama sob a batuta de Davis tem a mesma pegada introspectiva já demonstrada por ele em outras produções , como 'Amor Profundo' (2011).  Aqui o contexto é histórico, mas o fundo continua tendo o romance como foco, muito embora a trama não se resuma só nisso. 


Baseado no livro homônimo de Lewis Grassic Gibb publicado em 1932, o filme conta a história de Chris (Agyness Deyn) uma jovem filha de um fazendeiro violento, que viveu nos anos 1900. Ela se apaixona e casa com Ewan (Kevin Guthrie), que é convocado para a Primeira Guerra Mundial e volta violento e traumatizado, lembrando o comportamento de seu pai.

A guerra no filme é apresentada em off,  o que conta para Davis são os resultados dela. O ódio e o trauma tomam o lugar do amor e da confiança, mas o caminho é longo até esse momento da história.  A direção trabalha as emoções da protagonista: o processo de crescimento de Chris que aos poucos vai deixando os sonhos socialistas e revolucionários e passa a amadurecer forçosamente através dos dramas familiares em que vive. Quando o amor chega , chris já traz consigo a força dos anos maus , mas a direção nesse ponto faz questão de demonstrar serenidade e que ainda há esperança e sonho correndo nas veias - a cena em que ela canta em seu casamento é belíssima e revela o lado sensível da nossa heroína romântica. Tudo cadenciado, com tempo...

Aliás,  o tempo se revela amigo de Davis em 'Sunset Song', mesmo apesar das 2 horas e 10 min de película, não sentimos uma narrativa enfadonha e chata. A produção lança mão também da bela fotografia com longas tomadas dos prados e pastagens escocesas, isso tudo com inúmeros momentos embalados com canções cheias de sonoridade e melancolia. O título aqui, faz total jus ao seu batismo.   

Talvez se encararmos o longa como a versão para o cinema de um dos maiores clássicos da literatura escocesa ele não esteja exatamente à altura, mas ainda sim a experiência é deveras recompensadora.




Vale Ver ! 


Um comentário:

  1. Ebaaaa, já está na minha listinha! Excelente crítica, como sempre!!

    ResponderExcluir