Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO! 'O Sono da Morte' - 2016

NOTA 7.0



Imagina se quando o sono batesse,  tudo que você sonhasse se tornasse real ? E se fosse um pesadelo ? Não seria tão legal assim não é verdade ?  
Pois é esse o tema central do novo 'O Sono da Morte', filme que estreia nessa quinta nos cinemas do Brasil. A produção traz inovação ao misturar três gêneros em um só:  o terror,  o drama e a fantasia.  


No longa ,o casal Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) perderam o filho pequeno e decidem adotar um menino da mesma idade, Cody (Jacob Tremblay). A criança é carinhosa e a relação em casa tem tudo para dar certo. Certo dia, o filho morto de Jessie e Mark faz uma aparição. Estupefatos pelo o que aconteceu, eles descobrem que isso aconteceu porque os sonhos de Cody se tornam reais. Não tarda muito para o casal se apavorar com os pesadelos do menino, que também viram realidade.

Mike Flanagan , mesmo com poucos trabalhos , já pode ser considerado um dos grandes nomes do terror: antes desse trabalho , ele já havia estado à frente da direção de 'Hush' , um suspense de terror que foi elogiadíssimo pelo público e pela crítica.  É bem verdade que dessa vez as expectativas não foram correspondidas à altura:  A direção peca ao dosar esse três elementos citados acima. A não ser que você não vá esperando um terror de roer as unhas , pode ser que a decepção seja menor , mas pra quem espera o mínimo do que ele ofereceu anteriormente em seus filmes , a cara de paisagem que você terá de fazer será longa. 

O roteiro , apesar de beber de fontes jorradas anteriormente em outras produções, nem é o principal problema e sim sua condução , exatamente por tirar o foco do que esperamos de um filme de terror. Os momentos dramáticos são convincentes , até porque nosso protagonista , o fofo do Jacob Tremblay do tocante 'O Quarto de Jack' , tem mesmo o dom de encantar e domina totalmente as cenas em que se faz presente. Certamente, 'Before I Wake' (no original), não é dos melhores de Flanagan, mas ainda assim é interessante, brinca com o visual e se estende, aos poucos, para algumas reflexões sobre a criação, imaginação humana e o mundo dos sonhos; além de também conseguir atrair a atenção através do mistério e o leve suspense, que impulsiona a sensação de surpresa após uma conclusão inesperada.





Vale Ver ! 

Nenhum comentário