Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO! ' Mente Criminosa' - 2016

NOTA 8.0

O elenco de 'Mente Criminosa' ,  thriller que estreou em abril desse ano nos cinemas,  é sem dúvidas de dar inveja a qualquer casting alheio : Kevin Costner, Ryan Reynolds, Tommy Lee Jones ,Gary Oldman e Gal Gadot (mais conhecida como a Mulher Maravilha de BvS) dão vida a personagens ora interessantes, ora nitidamente descartáveis,  mas que num todo funcionam bem. 





Na história Reynolds (o nosso amado Deadpool) vive o agente da CIA  Bill Pope  que está em meio a uma importante investigação.   Ele acaba assassinado por um temível terrorista, deixando seus superiores na agência repletos de dúvidas sobre seu último caso, que inclusive envolvia a proteção de uma importante testemunha. 


Com a ajuda de um médico (Tommy Lee Jones), o chefe de Pope (Gary Oldman) transfere todos seus segredos, memórias, sentimentos e habilidades para um prisioneiro imprevisível e perigoso (Kevin Costner). Instável, ele será a única solução da CIA para evitar consequências terríveis para os Estados Unidos e o mundo. Ao mesmo tempo em que tenta seguir sua vida, o criminoso terá que aprender a lidar com novos sentimentos, inclusive um certo carinho pela esposa (Gal Gadot) e pela filha do falecido agente.

A bem da verdade, é que o roteiro desse suspense tem alguns furos bem toscos , mas nada que atrapalhe o desenvolvimento da trama, magistralmente dirigida pelo desconhecido diretor israelense Ariel Vromen, que cava vários pontos de clímax e deixa a história eletrizante. A câmera inquieta e os efeitos especiais são bem trabalhados , fazendo com que o filme não nos 'vença' pelo barulho e pirotecnias. Fica nítido que para a direção de Vromen , importa mais que a história seja contada com eficiência, mesmo com os deslizes e clichês. 

Como dissemos no início, o elenco é o ponto alto,  mas também o 'calcanhar de Aquiles' do longa, que aposta todas as fichas no vilão, brilhantemente interpretado por Costner mas que em contra partida, reduzem Gary Oldman e Tommy Lee Jones a meros coadjuvantes de luxo. Não estamos diante de um grande filme desses de tirar o fôlego,  mas que tem diversos bons momentos,  uma trama que prende e o show particular de Kevin Costner.


Vale Ver !  


Nenhum comentário