Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO! ' Os Anarquistas' - 2016

NOTA 8.9


Eles são revolucionários,  eles são inconformados com o sistema... eles são 'Anarquistas'! 

O Anarquismo é um sistema político que busca o fim do estado e sua autoridade. 
É sob essa base de roteiro que o promissor diretor Elie Wajeman (do elogiado 'Aliyah'-2015), trabalha um romance inquieto e perigoso, mas ao mesmo tempo esteticamente interessante. 



Na história que se passa na Paris de 1899, o militar Jean Albertini (Tahar Rahim) recebe a missão de se infiltrar num grupo anarquista, e caso se saia bem na força-tarefa, ele conseguirá uma promoção. Mas o problema é que Jean se apaixona por uma integrante do grupo , Judith (Adèle Exarchopoulos), e fica amigo dos outros membros da organização, passando a questionar a sua missão e colocando suas ideologias e vida em risco.

Vale lembrar aqui que não temos um filme de cunho histórico. Esse detalhe é importante para que o espectador não se decepcione com o andamento da trama .  O que a direção de  Wajeman propõe é discutir índole,  traição e ainda introduz um possível romance em meio às ideologias e valores da trupe. O requinte da reconstituição de época com figurinos sóbrios e fotografia cinzenta se contrapõem ao furor dos sentimentos vividos pelos protagonistas, o que gera um resultada muito bacana. Em determinados momentos, a câmera inquieta e claustrofóbica revelam o tom intimista da produção ao misturar dois temas tão distintos e ao mesmo tempo tão próximos. 

O grande atrativo dessa ótima película francesa?  Sem sombra de dúvidas o casal protagonista: Tahar Rahim (de 'Samba'-2014 e 'O Passado'-2013)  é o novo queridinho do cinema francês.  Já sua partner, Adèle Exarchopoulos (do aclamado 'Azul é a Cor mais Quente' -2013)  é de uma força dramática em cena poucas vezes vista na nova leva de atores europeus. Juntos, esses dois novos expoentes da sétima arte, juntam a 'fome com a vontade de comer' para delírio dos apreciadores do cinema francês. 

'Os Anarquistas'  foi o filme de abertura da 'Semana da Crítica' no Festival de Cannes em 2015. 


Vale Ver !  


Nenhum comentário