Adsense Cabeçalho

PiTacO do PapO ! 'A Esperança é a Última que Morre' - 2015

NOTA 9.0

O cinema nacional, sobretudo na comédia ,  invariavelmente cai nos mesmos erros e maneirismos, estamos tão acostumados a tantos temas semelhantes e muitas vezes as mesmas piadas contadas de formas diferentes, que tendemos a rotular o gênero como produto de segunda.  Mas há uma luz no fim do túnel :  o debut  do diretor Calvito Leal em um longa de comédia,  sai ileso de todos os rótulos pejorativos que esse gênero muitas vezes recebe por aqui .



No filme Dani Calabresa é Hortência Jardim , uma repórter de TV dedicada, sonhadora, que alimenta a esperança de deixar de fazer reportagens fuleiras e tornar-se âncora do telejornal local, comandado por JP (Augusto Madeira). Quando fica sabendo que Vivian (Adriana Garambone), a âncora do jornal, está para ser demitida por seu chefe, ela se anima com a grande oportunidade, mas a jornalista Vanessa (Katiuscia Canoro) também quer essa vaga. Precisando arrumar um jeito de garantir seu novo posto, Hortência inventa um assassino em série e passa a "investigar" o caso, o que aumenta seu destaque. Ela conta com a ajuda de dois amigos (Danton Mello e Rodrigo Sant’anna) que trabalham no Instituto Médico Local, mas logo a mentira foge do controle.

O longa inteligentemente , flerta com a morte,  tira sarro com o sistema ,a política e ainda discute ética profissional .  A dupla de protagonistas funciona perfeitamente bem e graças ao roteiro muito bem arquitetado por sinal,  as composições dos personagens conseguem escapar dos arquétipos e clichês , tão comuns nesse tipo de produção por aqui. 

Leal mostra que dá pra fazer comédias inteligentes no Brasil,  basta ter criatividade e sair da famosa 'zona de conforto'.  

Super Valer Ver ! 


Um comentário:

  1. Amei esse filme! Uma jóia que as pessoas tem que descobrir!

    ResponderExcluir